Padre católico, filósofo e teólogo checo. Foi laureado com o Prémio Templeton de 2014.

Nasceu em Praga no dia 1 de junho de 1948, foi ordenado padre na clandestinidade e vigiado pela polícia secreta; na sequência da queda do regime comunista, em 1989, prestou serviço como conselheiro do presidente checo Václav Havel.

Desde as Revoluções de 1989, Tomás Halík continua a trabalhar arduamente no  crescimento da Igreja, tanto no seu país natal como no estrangeiro. Enfatiza a importância vital de uma aceitação e respeito mútuos entre as várias denominações da fé cristã e a necessidade de procurar o diálogo inter-religioso.

Disponível para consulta na Biblioteca!